Conhecendo Alguns Radioamadores

Por: MURILLO SOUSA REIS - PY2AJN

MURILLO SOUSA REIS - PY2AJN

14.03.1915 - 25.05.2005

Nasceu no Rio de Janeiro a 14 de março de 1915, formou-se em Química tendo se especializado na fabricação de anilinas e produtos químicos. Fez estágio na I. G. Farben Indústria durante seis meses na Alemanha. Freqüentou a Universidade Columbia University durante um ano e três meses, em New York. Voltou ao Brasil em 1946 após a guerra, iniciando o seu trabalho profissional. Em 1958, elegeu-se Deputado Estadual e tomou posse em 1959, e reeleito por mais três legislaturas. Em 1961, foi convidado pelo primeiro Ministro de Portugal, Dr. Antônio de Oliveira Salazar, a visitar as colônias de Angola e Moçambique na qualidade de parlamentar conceituado, por ter escrito sobre o perigo da ameaça que se avolumava durante as guerrilhas promovidas pela Rússia. Quando regressou a Portugal, foi convidado para um jantar com o primeiro Ministro e verbalmente respondendo a uma pergunta, fez um relatório sobre a situação política de Angola e Moçambique. A previsão aconteceu exatamente como esperava. Respondeu durante seis meses pelo expediente da Secretaria do Trabalho do Estado de São Paulo, na vigência do Governador Jânio Quadros.

Como radioamador, em 1947 fez exame para promoção de classe, tendo sido aprovado para Radioamador classe A. Foi presidente do Centro Paulista de Radioamadores e durante a sua vigência lançou um Mapa-mundi, com centro em São Paulo, de grande utilidade para os adeptos da comunicação. Foram distribuídos através da LABRE doze mil Mapas e dois milhões de postais, graciosamente, com vistas de São Paulo, para ser utilizados como cartões QSLs. Idealizador e lançador do Partido Agrário Nacional -  PAN. Em 1982, lançou o livro “Subsídios para saldar uma dívida”, em parceria com o Engº. Arnaldo Amandio Monteiro Nascimento - CT4QI, da cidade do Porto, destacando a personalidade do Pioneiro das Telecomunicações e Patrono dos Radioamadores Brasileiros, o Padre-cientista Roberto Landell de Moura. A Lei nº. 7.957, de 16 de julho de 1992 (Projeto de Lei nº. 1.109/91, do Deputado Vicente Botta), instituindo a Semana Padre Roberto Landell de Moura no Estado de São Paulo, a ser comemorada de 5 a 11 de novembro anualmente, sancionada pelo Governador Luiz Antônio Fleury Filho, foi solicitação do Murillo Sousa Reis.

A 9 de maio de 2002, lançou, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, outro livro com o título “Caravana da Amizade Luso-brasileira” que relata um acontecimento inédito no mundo. Trata-se de um trabalho contando uma história emocionante sobre a Caravana de Radioamadores do Brasil em visita aos nossos colegas radioamadores de Portugal. É o autor de um projeto de plano agrário baseado na teoria do susietarismo e aprovado por unanimidade três vezes e por três vezes vetado pelo ex-governador de São Paulo, Carvalho Pinto. Como Deputado se destacou na luta contra a corrupção nos órgãos de administração pública. Seus mandatos foram pautados por uma linha intransigente de coerência e de um comportamento digno da sua função como Deputado e goza de muita amizade e respeito de todos que tiveram a oportunidade de ter a sua convivência. Na posse do busto do Padre Roberto Landell de Moura pela Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão - LABRE/SP, que estava no Museu de Arte Moderna de São Paulo - MASP, ocorrida a 11 de setembro de 2001, se deu graças ao apoio fundamental do Deputado Murillo Sousa Reis. “Esta é uma doação dos radioamadores portugueses para os colegas brasileiros”, disse o Deputado, durante o encontro no MASP. O busto, que é uma escultura em bronze, produzida em Portugal, tem aproximadamente 80 kg. Murillo Sousa Reis foi Presidente da Ordem de Radioamadores Padre Roberto Landell de Moura, no Brasil. Faleceu a 25 de maio de 2005, aos 90 anos de idade, no Hospital do Servidor Público de São Paulo, na Capital paulista, em virtude de um AVC.